Tire todas suas dúvidas sobre o leilão de imóveis!

Tire todas suas dúvidas sobre o leilão de imóveis!

Participar de um leilão de imóveis pode ser uma ótima oportunidade para adquirir uma moradia a um bom preço. Contudo, como o procedimento envolve alguns conhecimentos técnicos, muita gente ainda tem medo de comprar imóveis dessa maneira.

Para acabar com todas as suas dúvidas sobre o assunto, preparamos este texto explicando tudo o que você deve saber antes de participar de um leilão. Confira!

O que é um leilão de imóveis e como ele funciona?

Leilão é um procedimento simplificado de compra a venda de imóveis. Ele funciona da seguinte forma: no início, o leiloeiro — pessoa responsável pela condução do leilão — explica aos participantes todas as condições de venda. Esse é o momento de esclarecer todas as dúvidas sobre o imóvel e a compra!

Depois, os lotes à venda são anunciados. Quando algum participante tem interesse em um deles, deve fazer um lance. Se não houver outros interessados, o imóvel é vendido por aquele preço. Caso haja outra pessoa interessada, é iniciada uma “disputa” de lances. No final, quem fizer a melhor oferta leva o imóvel.

O que é lance?

Lance é o nome dado à oferta feita pelos participantes do leilão. Se você tem interesse em um imóvel anunciado no leilão, você faz o seu lance, ou seja, a sua oferta quanto ao preço a ser pago.

Nos leilões de imóveis, há o chamado lance mínimo, ou seja, um valor mínimo que deve ser ofertado. Caso esse valor não seja atingido, em alguns casos, é possível fazer um lance condicional. Dessa forma o lance fica registrado e a decisão definitiva sobre a venda do imóvel é tomada posteriormente.

O que é arrematação?

Arrematação é o ato que transfere a propriedade do bem para o comprador. Por isso é que se diz que quem faz o maior lance, arremata o imóvel em um leilão.

Quais são os tipos de leilão de imóveis?

Os tipos mais comuns de leilão são os judiciais e extrajudiciais. Nos leilões judiciais, há um processo judicial de cobrança de dívidas em curso contra o proprietário do imóvel. Quando ele não consegue pagar essa dívida, o imóvel é vendido e o valor conseguido é usado para quitar seu débito. Nos leilões extrajudiciais, não há um processo judicial envolvido.

Quem pode participar do leilão?

Como o leilão é público, qualquer pessoa física maior de 18 anos pode participar, assim como as pessoas jurídicas. O comprador, aliás, não precisa estar presente fisicamente no leilão: é possível fazer uma procuração e enviar um representante para participar do procedimento.

Porque comprar imóveis em leilões é mais barato?

Em muitos casos, a avaliação dos imóveis vendidos em leilões não é feita presencialmente. Nesses casos, o avaliador dita o preço do imóvel com base em dados da certidão de ônus reais e do valor venal do imóvel (aquele utilizado para o cálculo do IPTU). Por isso, é comum que o valor seja bem menor do que o valor de mercado.

Além disso, como o bem é vendido no estado em que se encontra, por vezes é difícil achar compradores — o que acaba fazendo com que o preço diminua bastante.

Que cuidados devo ter ao participar de um leilão?

O primeiro cuidado a ser tomado antes de um leilão é visitar o imóvel: assim, você fica ciente das condições em que ele se encontra e evita surpresas depois da arrematação.

Ler o edital do leilão também é indispensável, já que é nesse documento que constam todas as informações sobre o leilão, o imóvel e as condições de venda.

Também é importante fazer um levantamento das dívidas do imóvel. Isso porque, em alguns casos, quem arremata o bem fica responsável pelas suas dívidas (como taxas de condomínio e IPTU atrasados, por exemplo). Para descobrir se esse é o caso, basta conferir o edital do leilão.

Contratar um bom advogado também é outra medida que pode evitar futuras dores de cabeça. Como o profissional tem experiência nesse tipo de procedimento, ele saberá tirar todas as suas dúvidas e tomar todas as medidas necessárias para proteger o seu patrimônio.

E você, ficou animado a participar de um leilão de imóveis? Deixe seu comentário e conte para a gente!

Share this